MENU

Resumo

O budismo surge no mundo há cerca de vinte e cinco séculos, corresponde à quarta maior religião do mundo. Contudo, segundo o CENSO de 2010, o Brasil possui apenas 243.966 autodeclarados budistas, correspondendo a 0,13% da população. Existem problemas nessa quantificação, em grande parte derivados da questão cultural de múltipla pertença religiosa, parâmetro não levantado pelo CENSO. Outra questão versa sobre a produção acadêmica sobre essa religião. O budismo chega tardiamente ao Brasil, somente no século XX, e a vertente que acompanha os imigrantes japoneses, Budismo Shin, não é acadêmica. Dessa maneira, o budismo demora para despertar o interesse nas pesquisas. Buscando mapear e apresentar essa questão, em 2006, Frank Usarski realiza um levantamento sobre o “momento da pesquisa sobre o budismo no Brasil”. A proposta do presente artigo é verificar como se encontra tal situação, passados quinze anos. Para isso, foi realizada uma pesquisa nas plataformas de dados da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações e da plataforma de Currículo Lattes.

Acesse a página da publicação:

https://seer.ufrgs.br/index.php/debatesdoner/article/view/126541

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress