MENU

Nirvana de Oliveira Moraes Galvão de França

Magda Loureiro Motta Chinaglia

Resumo

A pandemia de COVID-19 afetou profundamente o cotidiano, pois seu enfrentamento impôs severas medidas de isolamento e distanciamento social. As pessoas foram confinadas nas residências e apenas profissionais de serviços essenciais mantiveram o trabalho externo. O trabalho e a educação adaptaram-se à forma remota. O trabalho feminino, já caracterizado pela dupla jornada, viu-se ampliado, os casos de violência doméstica e mortes maternas  se elevaram. Neste cenário, a espiritualidade emergiu como forma de assegurar estabilidade mental, e a meditação apresentou-se como ferramenta de saúde mental e de empoderamento feminino. Para este trabalho realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, e sobre a meditação e seu potencial de empoderamento, analisou-se o retiro virtual realizado pela Associação Buddha-Dharma entre janeiro e março de 2021.

Palavras-chave

Pandemia COVID-19, meditação, empoderamento, mulheres, budismo

Texto completo:

PDF

Acesse a página da publicação:

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/article/view/1037171

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress